About blogging

“Blog about your passions. Don’t blog about what you think your audience wants. Post because you have something you are dying to write about.”

O “conselho” acima esta em um artigo do The New York Times (So You Want to Be a Blogging Star?) que eu encontrei linkado por acaso lendo o blog de uma amiga no começo desse mes. Fiquei algum tempo pensando sobre o assunto e outro dia, de link em link, cheguei neste outro post interessante do Museum 2.0 (How Much Time Does Web 2.0 take?).

No post desse minha amiga ela diz que às vezes lendo o blog de alguém parece que esta lendo um diario. Verdade. Quantos diario-blogs espalhados por ai?

Penso que a produçao de um blog – os posts, as listas de links, os comentarios – tudo, compoe uma nova tipologia de fonte historica. Nao é uma fonte “de papel”, tao pouco é um material de papel digitalizado. E de toda esta montanha virtual de escritos muito pouco sera impresso (casos de alguns blogs-revistas, que possuem versao impressa, por ex.). Estamos prontos pra lidar com esse tipo de fonte? Os mil caminhos da hipertextualidade?

Aos aventureiros de uma boa antropologia, pergunto também: Alguma idéia de uma nova forma de etnografia? Talvez uma totalmente nova forma seja muito radical, mas acho alguma coisa de novo deve ja estar sendo pensado para se unir aos classicos como Malinowski e Geertz. (nao sou profunda conhecedora desses autores, apenas referencia).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s