Oficina de História Digital no 2º Seminário de História Pública

Pessoal,

Aproveito o espaço do blog para divulgar a oficina “História Digital” que Bruno Leal e eu vamos ministrar no evento da Rede Brasileira de História Pública mês que vem, o Perspectivas da História Pública no Brasil. Aliás, há várias oficinas interessantes. História Oral e História Pública; Cinama/ Internet e Mídias Alternativas; Fotografia Mobile; História e Videogame. Confiram todas no site em Oficinas.

A nossa é a oficina nº 02 e acontecerá nos dias 10 e 11 de setembro, das 20h às 22h, na Universidade Federal Fluminense, em Niterói. Abaixo a apresentação:

OF02 – História digital

As chamadas “novas tecnologias da informação e da comunicação” (NTICs) vêm promovendo desde o início da década de 1990 um profundo reordenamento das relações sociais, da produção industrial, da concepção dos signos socioculturais, da política e, de uma maneira mais geral, de nossa maneira de experimentar e explicar a realidade, nossa relação com o tempo. Como essas “novas mídias”, em especial as mídias digitais, estão transformando a forma de se conceber a história e a historiografia? Como o ofício do historiador tem sido afetado por todas essas mudanças, principalmente aquelas ocasionadas pelo computador e pela Internet? Estas são algumas questões que serão exploradas na oficina “História Pública e Plataformas Digitais”, ministrada por Anita Lucchesi (Historiografia na Rede) e Bruno Leal (PPGHIS/UFRJ/Café História), no II Simpósio Internacional de História Pública.

A oficina será dividida em dois dias. No primeiro dia, Leal e Lucchesi, falarão sobre a relação dos historiadores com os computadores e a tecnologia de uma forma mais ampla, indo desde a chamada “história quantitativa”, nos anos 1960, até o surgimento da “história digital”. Após uma introdução ao debate da história/historiografia digital, a rede social Café História, projeto desenvolvido por Leal, será apresentada como caso de estudo no campo da história pública e digital. Já no segundo dia de oficina, os ministrantes vão explorar as evidências e possibilidades na história digital (escrita, divulgação, análise documental, ferramentas, formas narrativas etc.), além de um exercício original voltado para a produção de vídeos online.


Anita Lucchesi. Mestre em História Comparada (PPGHC/UFRJ) e professora de história. Pesquisadora do Grupo de Estudos do Tempo Presente (GET/UFS) e da Rede Brasileira de História Pública. Autora do blog “Historiografia na Rede” (2008), pesquisadora e redatora do documentário comemorativo @Rio450 no Instagram.

Bruno Leal. Doutorando em História Social (PPGHIS/UFRJ), Mestre em Memória Social (PPGMS/UNIRIO), historiador e jornalista. Tutor-Professor do curso de História EAD da Universidade Federal do Estado Rio de Janeiro (UNIRIO) e Fundador da Rede Social Café História. Consultor no campo das mídias sociais e educação a distância.

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s