Cultura Digital

Até o Papa caiu na rede

Agora o Vaticano também é 2.0.

É interessante notar como o próprio Pontífice reconhece que mesmo assim, o Vaticano ainda não usa a web como deveria e poderia e que talvez a crise com o bispo conservador que negou o Holocausto pudesse ter sido evitada se buscassem sua posição na internet.

Reproduzo o post do blog História das Religiões e Religiosidades:

O Globo, Mundo, pág.34, em 23/05/2009.

A nova rede social do Papa

Bento XVI quer atrair jovens pelo Facebook e pelo iPhone

O Papa Bento XVI entrou ontem no mundo das redes de internet e de smartphones com um portal do Vaticano que inclui aplicativos para Facebook e iPhone. O serviço, voltado ao público jovem, tem vídeos, áudios, fotos e transcrições de discursos do Papa, além de eventos da Igreja Católica em geral. No entanto, quem agregar o Papa em sua página do Facebook não poderá receber um e-mail confirmando ter sido aceito como “amigo” do Pontífice, nem poderá escrever na sua “parede” (um recurso de recados na página principal de cada usuário). Terá que se contentar em simplesmente acessar as informações fornecidas pelo aplicativo.

Mesmo assim, o Vaticano está entusiasmado com a ideia de poder atrair mais jovens à Igreja.


— Eles (os jovens) estão buscando uma cultura de comunicação diferente e esse é nosso esforço para assegurarmos que a Igreja esteja presente nessa cultura de comunicações — disse o monsenhor Paul Tighe, secretário do departamento de comunicação do Vaticano. — Reconhecemos que uma Igreja que não se comunica deixa de ser uma igreja.


O Pontífice de 82 anos, conhecido por escrever a maioria de seus discursos à mão enquanto assistentes administram suas páginas na internet, admite que o Vaticano ainda não usa a web como deveria. Poderia, por exemplo, diz ele, ter facilmente evitado a crise com o bispo conservador Richard Williamson, que nega o Holocausto, se buscasse suas posições na internet.


O portal www.pope2you.net (ou “Papa para você”, num trocadilho em inglês) não é a primeira incursão do Papa no mundo virtual. Em janeiro, Bento XVI lançou sua própria página na rede de vídeos YouTube, que está agora linkada no portal.


Os novos aplicativos estão disponíveis em inglês, espanhol, francês, italiano e holandês. Português, língua do maior país católico do mundo, não está entre as opções.

Veja mais:

Púlpito à Web: Uma Eclésia no Mundo Virtual

Books e Blogs: BLOOKS

Está rolando em São Paulo, no Sesc Pinheiros,  uma exposição que eu queria muito ir, a Blooks! Uma exposição interativa sobre literatura e cultura digital. Como a internet ajuda os escritores que trabalham na rede, como eles divulgam seu trabalho, quanta coisa boa tem… Um universo a se explorar.

Lembro, como foi bom, há uns dois anos atrás, perder (talvez, o mais certo seja ganhar) uma tarde lendo os posts de Rita Apoena no Jornal das Pequenas Coisas. Um prazer que me foi permitido, graças à internet. Rita escreveu muita coisa na rede, antes de começar a escrever um livro. Agora ela está até no Twitter!http://twitter.com/rita_apoena

Concordo dom Branca Nunes do Trezentos, existe sim (!!) vida literária muito inteligente na rede.

A visitação é livre e vai até dia 28 de junho. Quem puder ir, aproveite, é de terça a sexta, das 13h às 21h30 e sábados e domingos, das 10h30 às 18h30.

Aqui também tem a programação da Blooks. Interessantíssima, gostaria de assistir ao Hiperlíngua, sobre as transformações das palavras nesta loucura de escrita na internet. Vale a pena conferir! Participação livre, aberto ao publico. Vejam:

Celular: Narrativas Breves

Quantas palavras são necessárias para contar uma história? E quantas letras? O formato reduzido traz alguns desafios. Nesta oficina, o participante experimenta meios criativos para elaborar uma narrativa breve e será convidado a enviar tais composições pelo celular. Com Samir Mesquita. 20 vagas. Internet Livre, 2º andar.
Dias 19/05 (Terça), 21/05 (Quinta), 22/05 (Sexta), das 19h30 às 21h30.
Mais informações.

Poesia e Cibercultura

Com duas aulas presenciais e também acompanhamento à distância através de chat ou mensagem instantânea, essa oficina pretende instrumentar o participante a criar um texto poético. Com Edson Cruz. Nos dias 28/05, 29/05, 02/06 e 04/06 as aulas serão online, das 19h30 às 21h30. 15 vagas. Internet Livre, 2º andar.
Dias 26/05, 28/05, 29/05, 02/06, 04/06, 05/06 (Terças e Sextas), das 19h30 às 21h30
Mais informações.

Hiperlíngua: Transformações da Palavra

Mesa de debate sobre a língua escrita em tempos de Internet. Abreviações, novos significados, apropriações… Como anda a língua escrita em diversos suportes digitais? Com Vicente Gosciola, Andre Vallias, Danilo Corci. Mediação Xico Sá. 200 vagas. Sala de Leitura, 2º andar.
Dia 27/05, Quarta, 20h
Mais informações.

A curadora é a Heloísa Buarque de Holanda. Acho mesmo que não poderei ir, mas vou acompanhar o que der pela net.