IH

Tentando pesquisar na Internet de dentro da UFRJ (IH)

Tentando pesquisar na Internet de dentro da UFRJ (IH)

Acesso negado para acessar o 1º ponto do roteiro “Escravidão e Igreja Católica” do Projeto Identidades do Rio (LABHOI/UFF): Arquivos eclesiásticos.

O contrelo de acessos do laboratório de informática do Instituto de História bloqueia acesso ao Youtube, daí, como este item do roteiro em questão se trata de um vídeo, meu percurso foi interrompido.

Ócios de tentar trabalhar com coisa muito nova em um ofício em que tudo é tão “velho”, do passado, empoeirado.

Ou, simplesmente, falta educação aos estudantes para utilizar os computadores para fins de pesquisa e o pessoal administrativo responsável resolveu “fechar” o acesso a determinadas categorias de sites?

Vá saber…

LeÁfrica | Palestra: Uma certa moralidade: sexualidade, ordem e vida urbana em Libreville colonial no século XX, Gabão

CONVITE

O Laboratório de Estudos Africanos (LeÁfrica), inaugurando suas atividades do ano letivo de 2011 no Instituto de História da UFRJ, convida alunos, professores, pesquisadores e público interessado para a palestra da Profa. Dra. Rachel Jean-Baptiste (Universidade de Chicago), intitulada “Uma certa moralidade: sexualidade, ordem e vida urbana em Libreville colonial no século XX, Gabão”.

Data: 18 de março de 2011, sexta-feira. | Horário: 15h |Local: Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Largo de São Francisco de Paula, n. 1. Centro. Rio de Janeiro. Sala 109

Sobre a palestrante: Rachel Jean-Baptiste é professora assistente de História da África do Departamento de História da universidade de Chicago, especialista em história social, cultural e política da África Central. Sua pesquisa atual tem como foco questões de gênero, sexualidade, vida urbana, colonialismo e legislação no século XX no Gabão. Outros de seus projetos de pesquisa no local incluem ainda como temas  casamentos inter-raciais e a  mestiçagem, bem como a codificação do direito costumeiro. Maiores informações sobre a Profa. Rachel Jean Baptiste vide site.

A palestra terá a duração de 50 min e terá tradução alternada realizada pela Profa. Dra. Lise Sedrez